sábado, dezembro 08, 2018

Teias do dia... (Pelo caminho)


PELO CAMINHO... Uma onda de cores, sorrisos, heróis, heroínas, lendas, num movimento de ir e vir, enchiam o ar do rotineiro bairro, de sonho e fantasia... Deliciosa energia nos envolvendo no correr do dia. Comic Fair..


By Casti

quarta-feira, fevereiro 21, 2018

Fios soltos... Dona Aranha divagando...

E Ela tirou a máscara, observou ao redor e percebeu a dor que os borrões da realidade provocavam... As cores eram falsas, a felicidade baseada em areia movediça, onde a sociedade afundava na comodidade e pseudo alegria encontrada em pequenos confortos e prazeres passageiros. O mais era tudo... O mais bonito, o mais inteligente, o mais... Que no final das contas era o grande xis da questão era que tudo progressivamente se transformara num grande menos, numa grande insatisfação.


By Casti 

Google imagem



sexta-feira, janeiro 12, 2018

Dona Aranha divagando... Falso ser...


Google imagem


Somos assim, ou estamos assim? Era essa sua dúvida e agonia. Expressões retocadas, falsos brilhos, plumas, a imagem bem trabalhada e acentuada, escondia o vazio e o fel das pessoas. Ter ou ser?Sentimentos e atitudes de rapidez absoluta, cujo o tempo e o sentimento não faziam parte do momento. Bichos insatisfeitos, enjaulados na própria ignorância e mesquinhez compunha esse nada admirável gado novo. Fazer o que? Estar aqui e observar, numa mistura de tristeza, admiração, medo e insatisfação ia ela capengando hino contrário ao da garota de Ipanema... Garota de onde???

By Casti


quinta-feira, junho 22, 2017

Teias do dia...







Ela tinha um sonho... Ele media aproximadamente 12K. Durante algum tempo sua vontade era correr e percorrer aquela estrada, mas não queria fazer isso sozinha, pois para ela o tempo era vivido e aproveitado em dupla... Infelizmente esse sonho foi podado pelas brechas e janelas do tempo da insensibilidade, de alguém que resolvera dar a largada "Solo". Para esse alguém, foi uma viagem, foi "show", passeio nada solidário, solitário, o qual ele não se deu conta em quantos cacos o sonho dela se tornou, não restando nada! As árvores,o pequeno cavalo marrom, nem um pedaço da estrada que a falta de companheirismo e oportuno egoísmo tudo enterrou.

By Casti

Google imagem (Jaceguava)

terça-feira, junho 20, 2017

Fio Fetiche

Pinterest

Dona Aranha divagando...

Olhamos à vida com óculos espelhado, suavizando formas na estética penumbra, protegidos pela impossibilidade do olhar recíproco... E assim vamos nós, na suposição e sem a troca de olhares, deixando somente a curiosidade daqueles que passam por nós.

By Casti

Imagem bamm (google)

sábado, junho 03, 2017

Fio Fetiche

Google imagem

Teias do Dia...

Sentou-se, empertigou a coluna e ergueu as mangas da roupa... Estava na hora de brincar de Deus, distribuir sentenças, tomar posições, colocar o dedo em riste na telinha do povo espalhado pelo globo. Era o momento para afirmar que existia, expondo fotos do almoço, ou do passeio perfeito que faria o dia mais feliz. Esboçar frases que o imortalizariam e se solidarizar contra as barbáries do mundo, aconchegado na cadeira preferida, rodando o mundo sem riscos ou perdas, apenas algumas farpas ou curtidas para trocar...

By Casti


Foto google imagem


sexta-feira, junho 02, 2017

Fio Assimétrico

Quando tenta o afago
A mão escorrega
Impotência
Frio
O passado
Não mais estreita
O laço
Tardio
Viro as costas
Coração lacrado
Porta retrato 
Da família
Vazio...


By Casti


Porta retrato google imagem

Fio fetiche


The Forest Magazine Andy Júlia

sábado, maio 20, 2017

Dona Aranha divagando

Os cabelos ainda não estão desenhados pelos brancos fios... O rosto não exagera nos vincos, mas certamente tem assustado. Concepções abstratas e rasas transitam em mentes e corações jovens, ansiosos por montar o quebra-cabeça que só se conclui em tempo certo, em doídos entendimentos, condimentos nascidos, misturados no sabor da vida alternativa jogada no colo dos rebentos confusos do percurso que surgirá.


by Casti

terça-feira, maio 10, 2016

Fios soltos...



Uma pessoa recheada de erros e acertos. Algumas vezes perdida  outras maravilhada dos pequenos milagres nesse mundo de Deus. Como a maioria das pessoas, muito crítica e sempre arrumando soluções para os problemas do próximo, quanto aos meus, vai esse quebra-cabeça, em alguma das vezes, faltando a última peça, seja por descuido ou por simplesmente eu não querer achá-la, por motivos que sei e prefiro teimar que não sei...

(By Casti) 

Dona aranha divagando...


Quebra-cabeça Google imagem

sábado, março 19, 2016

Fio fetiche

Foto Pinterest

Fios Soltos



Ela andava contida... Não se arriscava a emitir um som, pois estava na dúvida se valia à pena argumentar ou se adotaria o silêncio de pequenas indignações. Achava que a velhice camuflada de maturidade estava colocando as garras para fora, que o mundo não cabia mais aos seus devaneios e que ela precisava tocar o barco da sobrevivência. Mas de quando em vez  afrouxava a torneira, deixar desaguar as palavras, fosse elas de ordem ou caos, subjetivas ou tapa na cara! Estava acobertada pelo tempo, que lhe dava o direito de rasgar a lucidez e escorrer a torneira de uma vivência que ao tiquinho do mundo interessava.

By Casti

(Dona Aranha divagando...)





 Imagem Torneira de Palavras (Stock)

quinta-feira, fevereiro 25, 2016

Fios soltos



E ela simplesmente irritava! Com aqueles dentes clareados iguais as pérolas que usava na orelha. Cabelo bem definido, esticado com afinco, sorriso sereno estudado, escondendo o ardil de quem a qualquer momento iria tirar o máximo de proveito de suas cobaias humanas. A suavidade de um rio que afundava corpos desatentos, encantados com docilidade artificial. Uma sociopata com carteirinha habilitada para cuidar das pessoas... Assim, impecável figura assombrava nossas vidas normais com toda aquela, perfeição... 

By Casti


Guiadoscuriosos
Imagem google