quinta-feira, outubro 05, 2006

Fio

Escorre a tinta
Pelo corpo
Muda as cores
Da banalidade
Vestida na nudez
Azul
Graciosa
Personalidade.
(Casti)

Foto: C Gilbert

4 comentários:

Héctor Jorquera disse...

azul profundo, casi intenso, casi azul la intensidad se despliega, de nuca a tobillos, y así la vida se desliza azul, profunda, intensa, por la loca geografía de la inmensidad desconocida que somos...abrazos

teiadepalavras disse...

Caramba!!!!!! Belo poema, intensamente azul!!


abraços
Obrigada pela visita!

Casti

teiadepalavras disse...

Viviana, obrigada pelo carinho e pela visita, volte sempre e aproveite, se puder me deixe o endereço de seu espaço pois através das teias não estou conseguinto lhe visitar.

Abraços

Casti

Anônimo disse...

viviana
Quanta intimidade com as palavras, com as cores, com as imagens...

Lugar que aconchega a alma.

Parabéns!