domingo, fevereiro 26, 2006

Fio assimétrico


Vemos um futuro
Com rabo
De olho
No camarote
Do egoísmo
Do homem
Que reconstrói
A natureza
Sufocado

Na poluição
Das próprias

Idéias...


(Casti
)



Foto: Audre.dreams

3 comentários:

Idiossincrasia'S disse...

Casti...
Um reclame: As postagens que disponibilizas são sempre as mais recentes. Eeventualmente fico alguns dias sem entrar e aí, perco um tantão de ti, que não sei como acessar. Fico (inevitavelmente) frustrada com a sensação de que deixei de ler algo imperdível...
Não tens como deixar teus ecritos disponíveis por mais tempo?! Sei que fica metodico, mas por outro lado, quem não pode entrar no tempo oportuno, pouco perde...
E, depois do reclame, as consideraçõpes sobre o que consegui ler: Tudo lindo! Sem palavras para descrever o que o teu escrito deixa em mim. És arteira com a palavra... Sabes tocar o ponto onde as palavras deixam de ser letras amontoadas e criam sentido. São as mãos da artesã...

Beijos!

S.

Idiossincrasia'S disse...

Amiga:

Desconsidere o meu reclame anterior. Observei, agora, que no final do blog estão disponíveis os arquivos "por meses".
Perdoe a ignorância desta navegante sem bussola e sem mapa, um tanto perdida neste infindável oceano virtual. É a ânsia de querer tudo ao mesmo tempo, de não querer perder tempo lendo o manual... Se não está em nosso campo imediato de visão, presumimos que não está. E as deixamos a descoberto "frestas e entrelinhas".
Eis a lição que levo hoje: "olhe para os lados, para cima e para baixo. A vida (o mundo) não é uma linha reta...

Beijos!

S.

teiadepalavras disse...

Silll, não esquenta, é que realmente o tempo é curto, e tem alguns detalhes que passam batidos.

Bejão
Casti